Sonia Maria Calazans

Minhas Flores e os meus espinhos

As mulheres curadoras fazem parte de um antigo arquétipo da humanidade. Na maioria das lendas e mitos, quando há alguém doente ou com dores, geralmente, aparece uma mulher para oferecer um chazinho, fazer uma compressa, dar um conselho sábio ou simplesmente um estender de mão ou um abraço forte. Essa mulher representa o arquétipo da 'curadora', também chamada nos mitos de Grande Mãe ou nas religiões de matriz africana de Pretas Velhas.

Hoje, com mais de 60 anos de primaveras vejo que sou uma dessas mulheres, uma mãe.

Sou também apaixonada por leitura e sempre fui muito curiosa por ervas, velas, rituais, flores, cantos, mistérios da alma, encarnações, sentido da vida e tudo que pudesse explicar os sentimentos, as dores e o porquê da alegria não ser para sempre.

Estudei e estudo muito comprando livros nos sebos da Rua Riachuelo e nos cestos de saldo da Feira do Livro de Porto Alegre. Devoro livros e participo de muitos cursos e palestras. Tudo para aprender sobre esse universo que tanto me fascina. Já montei grupos de oração. Fui à Aurora, a Figueira, a encontros de terapeutas e desde 2000 atendo como terapeuta holística.

Quem Sou

E por uma espécie de chamado comecei a sentir que minhas massagens e sessões de Reiki estavam sendo acompanhadas de intuições, visões e passagens de vida. No início ficava quieta até para não assustar os clientes, no entanto, em algumas situações não conseguia me controlar. Com o tempo desenvolvi formas de transmitir essas orientações.

E ali foi se criando uma energia na qual quem estava em atendimento se sentia à vontade para trazer casos e relatos daqueles guardado bem no fundo do coração que vinham à tona ora por palavras, ora por choro, ou por dores físicas musculares.
Era nesse momento que fazia minhas rezas, buscava inspiração dos meus mentores para que, de alguma forma, pudesse ajudar o ser humano que estava na minha frente.

Como disse a escritora e psicanalista Clarissa Pinkola “toda mulher parece com uma árvore. Nas camadas mais profundas de sua alma ela abriga raízes vitais que puxam a energia das profundezas para cima, para nutrir suas folhas, flores e frutos. Ninguém compreende de onde uma mulher retira tanta força, tanta esperança, tanta vida. Mesmo quando são cortadas, tolhidas, retalhadas, de suas raízes ainda nascem brotos que vão trazer tudo de volta à vida outra vez.”

Quem Sou

Eu trago nos braços uma vida linda, mas cheia de flores e espinhos em proporções iguais.
Já dei muita atenção a esses espinhos, as flores caídas no chão e a terra seca quando a chuva faltava.
Hoje, prefiro olhar o formato diferente de cada pétala, o broto que nasce de um ramo seco, o desenho formado na terra pela natureza, escutar o barulho do vento e se chover dançar com a água caindo no rosto.
Tenho muitas crenças, muitos amores, um respeito imenso por todos os seres vivos, gratidão por esta oportunidade de tentar fazer diferente e uma felicidade no coração por poder servir.

Inspirei-me no trabalho das grandes curandeiras e estudiosas da alma humana para criar O espaço terapêutico Sonia Calazans -Terapias Holísticas e Práticas de Espiritualidade -, um ambiente de cuidado e de desenvolvimento do autoamor e de bem-estar, pois acredito no poder de cura que todos temos, da potência da escuta, de acalentar e de transformar o mundo em um lugar onde os espinhos não devem chamar mais atenção que as flores.

Um abraço!
Sonia Maria Calazans, mãe de três filhos e vó da Valentina.

Nosso espaço

O espaço terapêutico Sonia Calazans - Terapias Holísticas e Práticas de Espiritualidade tem uma egrégora especialmente criada para acolher sem julgamentos, amparar, cuidar, investigar causas e não somente sintomas. Luzes e aromas especiais auxiliam no processo que é de cada um.

Nosso banco, como aqueles de praça, convida a conversas sinceras.

Estamos em uma localização central, em prédio seguro e sala climatizada.
Agende um horário para cuidar de você.

Agende sua consulta agora via WhatsApp!
facebook
Inovando Sites Criação de Sites Porto Alegre